Dasn-Simei.

Declaração Anual do Simples Nacional do MEI

DASN-Simei

Fazemos a sua Declaração

A DASN-Simei, é uma declaração de renda anual que todos os Microempreendedores Individuais devem fazer.

Para entender tudo sobre o assunto e entender como fazer a declaração anual da sua MEI 2021 no prazo, confira agora o conteúdo que elaboramos para você.

DASN-Simei

Uma das obrigações do MEI é realizar a Declaração Anual até a data estipulada. Neste ano, os microempreendedores terão até o dia 28 de maio (utilizando o aplicativo da MEI Fácil) e até 31 de maio (através do site do Governo) para apresentar a Declaração referente ao ano-calendário 2020.

DASN-Simei
O que é a Declaração Anual do MEI?

A DASN consiste na declaração de todos os ganhos referentes ao ano anterior.

Ou seja, o valor bruto de seus faturamentos como microempreendedor, sem incluir descontos de gastos e despesas do negócio.

DASN-Simei
Quem deve fazer a Declaração Anual MEI 2021?

Se você abriu um CNPJ MEI até dezembro de 2020, deverá entregar a sua Declaração Anual a partir deste ano, até o dia 28 de maio (utilizando o aplicativo da MEI Fácil) e até 31 de maio (através do site do Governo), independente do valor faturado. Pois, na prática, a Declaração Anual MEI serve como um fechamento do ano que passou para a sua empresa.

Aqueles que se tornaram Microempreendedores Individuais em 2021, independente do mês de abertura, irão entregar a Declaração Anual MEI somente em 2022.

Fique atento!

O limite de faturamento anual MEI em 2020 foi de R$81mil.
Porém, o valor deverá ser calculado de forma proporcional aos meses em que sua empresa esteve aberta. Caso o seu CNPJ MEI esteja aberto desde agosto de 2020, por exemplo, o seu limite será proporcional ao tempo de abertura.

DASN-Simei
Como fazer a Declaração Anual MEI 2021: o que devo colocar?

Basicamente, há três informações que devem constar na sua Declaração Anual MEI 2021:

Se houve funcionário registrado durante o período;

A receita bruta total recebida no ano anterior;

A receita referente à venda de produtos e/ou serviço, também no ano anterior.

Para informar os ganhos, uma das melhores e mais fáceis maneiras é consultar as notas fiscais emitidas no ano anterior. Porém, independente de emitir ou não a nota, realizar um controle financeiro mensal, com os valores recebidos, auxilia no preenchimento da Declaração. Essa orientação serve tanto para o setor de comércio quanto para o setor de serviços.

Além de conferir os valores brutos faturados no ano anterior, o MEI também pode checar o extrato bancário, o rendimento da conta PJ – Pessoa Jurídica, transações das vendas com maquininha, emissão de boleto para clientes e muito mais.

Mesmo que você não tenha faturado nada no ano anterior, deverá entregar a Declaração da mesma forma, com o valor zerado.

Fale Conosco

Sobre DASN-Simei

Dtpdata & Solution

São Bernardo do Campo - SP

Telefone

11 . 4399-3797

Whatsapp

11 . 9 4197-6228

Contatos